sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Crivella prega tolerância e diz ter ‘honra’ de fazer parte da igreja Universal


Em sabatina no Clube de Engenharia, na manhã desta terça-feira, o candidato a prefeito Marcelo Crivella (PRB) pregou tolerância, lembrou do seu passado como missionário e fez uma defesa enfática da Igreja Universal do Rio de Deus (Iurd). Bispo licenciado e sobrinho de Edir Macedo, Crivella concorre à prefeitura pela terceira vez e tem procurado se desvincular da igreja para superar a rejeição do eleitorado.

O candidato tem adotado um discurso ecumênico e com ênfase na tolerância. Nas últimas semanas, chegou a fazer campanha ao lado de um pai de santo e a receber apoio de representantes de um grupo responsável pela Parada Gay da favela da Vila do João.

— Eu tenho a honra de fazer parte de uma igreja chamada Universal. As pessoas não conhecem e muitos por não conhecerem criticam. Mas ela tem mais de 8 mil igrejas no Brasil - afirmou o senador ao se referir a um projeto social que criou no nordeste do país para atender a população de baixa renda.

Questionado pelos jornalistas sobre o aceno a sua base evangélica, Crivella disse que "se alegra muito por pertencer à igreja universal".

- Essa é a minha trajetória. Sou evangélico. Não tenho nenhuma vergonha de dizer isso. É uma igreja que está em tantos países do mundo, prestando um grande serviço. Tem erros? É claro que tem. Como eu também tenho. Vejam, não sou candidato a perfeito. Sou candidato a prefeito, perfeito só Deus.

Fonte: Extra

Nenhum comentário: