domingo, 15 de janeiro de 2017

Assembleia de Deus fecha o ano de 2016 com número recorde de igrejas

A Assembleia de Deus dos Estados Unidos fechou 2016 com o maior número de igrejas de sua história. Segundo dados divulgados pela denominação, 406 novas igrejas foram abertas no ano passado. O total de congregações chega agora a 13.023.

“Há 33.000 igrejas evangélicas no país e 13.000 são assembleias de Deus”, afirmou Chris Railey, o diretor da Rede de Multiplicação de Igrejas. Essa missão pentecostal dedica-se à plantação de novas igrejas no América do Norte. Eles possuem uma parceria com a Assembleia de Deus e oferecem treinamento, além de trabalhar com o planejamento estratégico.
Imagem redimensionadaO resultado dessa colaboração, que já dura 8 anos, tem sido positivo em especial por que muitas dessas novas igrejas foram formadas em comunidade de imigrantes. “Devido à globalização, o mundo está vindo até nós”, comemora Railey.

George O. Wood, superintendente da Assembleia de Deus, explica que a mudança é nítida. “O impacto de uma nova igreja em uma comunidade é algo realmente notável”, destaca.

“São igrejas apaixonadas por compartilhar o evangelho, mostrando compaixão e visão para missões fora do país. As igrejas desempenham um papel vital ao trazer esperança para muitas dessas comunidades onde as pessoas experimentaram grande sofrimento”.

A Rede de Multiplicação traça projetos de plantação e garante apoio aos novos trabalhos para que não fechem devido à falta de dinheiro.

Com mais de 3.200.000 membros, a Assembleia de Deus vai na contramão da maior parte das denominações americanas e não tem se rendido ao liberalismo teológico. Enfatizando a ação do Espírito Santo e a evangelização, vem experimentando seu vigésimo quarto ano de crescimento contínuo.

Sua origem está ligada ao surgimento do movimento pentecostal de 1906, em Los Angeles. A partir daí se transformou na maior denominação pentecostal do mundo, com aproximadamente 67 milhões de membros. O país com o maior número de membros continua sendo o Brasil, com 12,5 milhões, segundo o Censo.

Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...