quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Lista Mundial da Perseguição vai além dos 50 países mencionados



Há 25 anos, a Portas Abertas lança uma lista dos 50 países em que o cristianismo é hostilizado, o evangelho não é aceito e os cristãos são perseguidos por sua fé em Jesus. Mas você sabia que a lista não para nesses 50 países?
Hoje, a Portas Abertas atende e mantém projetos em mais de 60 países e a pesquisa realizada anualmente, lista os 50 principais onde o cristão ou a igreja é hostilizada em alguma área de sua vida ou enfrenta alguma forma de perseguição: na vida privada, pela sociedade, pelo governo, pela igreja ou pela própria família.
É importante enfatizar que os países que não fazem parte da Lista Mundial da Perseguição não estão necessariamente livres de perseguição. Significa, porém, que a análise desses países deve ser intensificada e que, em um futuro próximo, eles possam subir para o ranking dos 50 mais perseguidos. 
Segundo o departamento de pesquisa da Portas Abertas, essa lista não está completa e outros países podem ainda ser adicionados. Mas, no momento, estes são os que o departamento sugere maior atenção. Assim, a lista continuaria dessa maneira:
51. Uganda 
52. Nepal
53. Azerbaijão
54. Quirguistão
55. Níger
56. Cuba
57. Rússia
Os demais países não pontuaram o suficiente para fazer parte deste grupo mas, nem por isso, são menos perseguidos (em ordem alfabética):
Camarões, Chade, Costa do Marfim, Filipinas, Gâmbia, Guiné, Israel, Marrocos, República Democrática do Congo, Senegal e Venezuela.

Nenhum comentário:

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...