terça-feira, 30 de junho de 2015

ARMAS DE GUERRA .


 
“Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim, poderosas em deus, para destruição das fortalezas”  
 2 Coríntios 10:4
 
Ao se falar em batalha espiritual temos sempre em mente a idéia de guerra, de luta, de combate. Ao estudarmos profundamente sobre o assunto, vemos que a batalha espiritual envolve tudo isso, mas vai muito além de guerrear, e tornou-se um dos grandes desafios da Igreja do Senhor Jesus nos dias de hoje.
 
Quando buscamos na Palavra de Deus subsídios para entendermos como de fato devemos nos posicionar com relação a batalha espiritual, vemos uma grande ensinamento do Apóstolo Paulo, quando enfrentava na Igreja de Corinto uma oposição ferrenha à sua autoridade apostólica, e, seus adversários tentavam persuadir a igreja a rejeitá-lo. E vemos no capítulo 10, o apóstolo defendendo sua autoridade apostólica, ensinando aos seus discípulos em Corinto que as armas das nossas milícias não são carnais, mas poderosas em Deus para destruição das fortalezas.
 
Que fortalezas são essas? São os arraiais que satanás monta à nossa volta. Ele sabe muito bem, que precisa incutir pensamentos destrutivos para derrubar as pessoas, e nós precisamos estar conscientes de que a guerra espiritual com relação às fortalezas por ele levantadas em nossa mente é ferrenha.
 
Satanás não está brincando de matar, roubar e destruir. Esta é a sua missão, e ele é obstinado por ela
 
Às vezes as pessoas de acomodam com a idéia de que a minha salvação estando garantida o que vir é lucro, e não tem determinação para viver uma vida de abundância, de qualidade, saudável espiritualmente, e estão sempre com suas forças minadas por satanás. E assim temos visto lares, casamentos, ministérios, projetos e sonhos serem totalmente destruídos. 
 
Mas a Palavra de Deus diz que as nossas armas não são carnais, mas poderosas em Deus, para destruir fortalezas, e precisamos crer nisso!!!!. Amém!!!???
 
Um fator interessante de se ressaltar, é a tremenda confusão que se faz com armas e armadura. Muita gente acha que entrar numa batalha espiritual é simplesmente se revestir com a armadura de Deus e pronto. Com isso temos visto muitos crentes entrar e sair de uma batalha espiritual literalmente arrebentado. Porque?
 
Porque a armadura é uma proteção, mas usar as arma é uma tomada de posição.
 
São 14 as armas principais para enfrentarmos uma batalha espiritual. 
 
1. Dedicação à verdade
2. Vida de retidão em todas as áreas ( vida transparente )
3. Proclamação do Evangelho
4. Fé
5. Amor
6. Certeza da salvação
7. Oração perseverante

 
Quando usamos essas armas contra o inimigo, é como se nós jogássemos uma bomba no arraial de satanás, e a igreja sai vitoriosa porque a presença do Reino de Deus se manifesta poderosamente.

A igreja do senhor hoje, é chamada à um desafio diário e precisa estar em batalha espiritual constante contra as armas do mundanismo, que tenta entrar na igreja, e em muitas delas tem entrando através da psicologia, das doutrinas humanistas, da filosofia, da neurolinguística, das atividades e passatempos emocionantes que substituem a oração, a fidelidade incondicional à Palavra de Deus, a fé, a justiça, o poder do Espírito Santo.

Na cidade de Linhares, no Espírito Santo, o pastor de uma igreja, no dia das Bruxas ( festa do halloween ), se veste de espantalho e sobe no púlpito e prega, vestido de espantalho, alegando não ter nenhum problema porque isso é apenas uma representação.

Com certeza, que essa maldição trazida pelo próprio sacerdote da igreja, traz resultados espirituais trágicos para as famílias, que passam a ser dominadas e manipuladas pelas forças malignas que agem por detrás da festa da Halloween.

Precisamos assumir nossa posição diante do mundo espiritual. Temos que saber quem somos em Cristo Jesus para usarmos os direitos e privilégios decorrentes da autoridade conquistada por Jesus, para nós.

Jesus morreu na cruz no meu lugar. É como se eu tivesse sido crucificada juntamente com Ele. Quando Ele ressuscitou, eu ressuscitei com Ele. Quando Ele se assentou à direita do Pai nos lugares celestiais, Ele me levou juntamente com Ele. Portanto, eu estou assentada nos lugares celestiais com Ele. Essa é a minha posição em Cristo Jesus!!! Aleluia!!!
 
Somos:
Embaixadores de Cristo - II Co 5:20
Templo do Espírito Santo - I Co 3:16
Direito de chamar a Deus de Aba-Pai - Rm 8:15
Adotado pelo Pai como filhos - Ef 1:5
Nossos pecados foram perdoados - Cl 1:14
Selados pelo Espírito Santo - Ef. 1:13

Estas e muitas outras posições nos foram dadas, e além disso, Jesus compartilhou conosco a autoridade que Ele recebeu do Pai.Quando cremos nele, recebemos essa autoridade. Temos em Cristo, autoridade para:

Pisar em serpentes e escorpiões e sobre o poder do inimigo - Lc. 10:19
Expelir demônios - Mc 3:14
Curar todos os tipo de enfermidade - Mt. 10:1

Quando assumimos nossa posição em Cristo, e recebemos dele autoridade, passamos a usar as armas com destreza, e aí sim, podemos nos revestir da armadura de Deus e estaremos prontos para enfrentar qualquer tipo de Batalha Espiritual. Estaremos prontos para enfrentar qualquer um dos níveis do império das trevas. Como soldados, estaremos prontos para guerrear, e com certeza sairemos vitoriosos. Se você não se posiciona, você tem medo. Se você tem medo, você não usa as armas e é derrotado.

Sempre que surgir um desafio, devemos enfrentar agressivamente as forças das trevas, tendo sempre em mente, que quando nós esperamos no Senhor, Ele vai nos mostrar qual estratégia ou método de guerra usar. Deus é um deus de relacionamento, é um Pai apaixonado por sua família e Ele dá mais prioridade ao AMOR do que ao serviço (o ativismo nos distância de Deus). É o nosso relacionamento com Cristo que nos prepara para as batalhas; sejam elas grandes ou pequenas, sempre sairemos vitoriosos, desde que usemos a arma certa, no local certo, e na hora certa.


Texto: 1 Samuel 17:45

“Tu vens contra mim com espada, e com lança, e com escudos, eu porém vou contra ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel, a quem tens afrontado”


Veremos as outras 07 armas mais poderosas que as primeiras, e são elas:

8. O Sangue de Jesus
9. O Nome de Jesus
10. A Palavra de Deus
11. O Louvor de Guerra
12. Anjos Guerreiros
13. Fogo dos Céus
14. Unção com Óleo


Em I Samuel 17:45, vemos a importância do conhecimento da Palavra. Davi sabia que arma usar, e nós também precisamos saber qual arma usar no dia a dia quando enfrentamos tantas lutas.

1ª arma - Sangue de Jesus ( Arma de Defesa – Ex 12:23 / Ap. 12:11 )

Como somos tricotômicos ( espírito/alma e corpo), podemos pedir a proteção do sangue nas 3 dimensões.

Como é uma arma de defesa, não serve para expulsar os demônios, mas sim para acobertar à nos, nossos familiares e nossos bens e pertences em geral.

Deve ser utilizada todos os dias de preferência na parte da manhã no início do dia.

O Sangue de Jesus é sobretudo o meio de purificação dos nossos pecados. Ao entrarmos numa batalha, devemos sempre pedir a purificação com o Sangue de Jesus.

2ª arma – O Nome de Jesus ( arma de Ataque - Mc. 16:17 e Lc. 17:19 ).

É uma arma ofensiva, ou seja serve para atacar o inimigo. Também é uma arma que utilizamos no dia a dia para frustrar os planos forjados no inferno contra nossas vidas. Enquanto sonhamos e fazemos planos para sermos bem sucedidos, o diabo faz planos para nos destruir. O nome de Jesus é uma arma poderosíssima para expulsar demônios e na libertação usamos essa arama para:

● Renegar os vínculos
● Quebrar os pactos
● Quebrar as maldições
● Quebrar trabalhos de feitiçaria
● Curar os enfermos do corpo e da alma
● Expulsar demônios

3ª arma – A Palavra de Deus ( arma de Ataque - Mt. 4:11 e Ap. 12:11 ).

A Palavra de Deus foi a arma que Jesus mais utilizou em seu Ministério. Essa é uma arma que deve ser ativada diariamente com fé, persistência e autoridade. Devemos confessar os versículos de acordo com a natureza do problema.

Ex.: Se você teve uma discussão com alguém e o diabo lança uma seta de ódio você confessa o versículo 12 de Pv. 10 dizendo:

Eu confesso que o ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões. Eu amo fulano. Esta seta maligna que o diabo lançou sobre o meu coração está arrancada e lançada fora em Nome de Jesus. A Palavra de Deus é uma arma que combate a mentira do diabo e com ela Jesus venceu o diabo no deserto.

4ª arma – Louvor de Guerra ( arma de Ataque e Defesa - II Cr. 20:19-23 e Jz.5:1-22 ).

Quando louvamos, estamos ao mesmo tempo atacando e nos defendendo das hostes da maldade. Todo Louvor de Guerra deve estar de acordo com a natureza do problema.

Ex.: Se você está muito triste, cante louvor para Deus derramar o óleo da alegria .
Se você está enfermo louve ao senhor dizendo: Hoje eu vou tocar nas vestes de 
Jesus e Ele vai me curar.

O louvor deve ser uma prática diária, pois o louvor liberta.

5ª arma – Anjos Guerreiros ( arma de Apoio - Hb. 1:14/Sl. 34:7 e 91:11 )

Os anjos nos servem como arma de apoio, pois estão à serviços dos santos. Eles tanto atacam os demônios como nos defendem deles.

Não devemos nunca sair de casa sem pedir o ajuste da armadura, a cobertura com o Sangue do Cordeiro e que o Senhor dê ordem aos seus anjos para que acampem ao nosso redor. Os anjos só atuarão após a nossa intercessão a Deus.

6ª arma – O Fogo dos Céus ( arma de Ataque - Is. 33:14 e II Rs. 1:12 ).

Essa arma às vezes é usada de forma errada e se confunde o “Fogo do Espírito Santo”que é purificador, com o Fogo dos Céus, normalmente usado contra ataques de demônios, nos lugares ou em parte do corpo ou da alma da pessoa. O Fogo dos Céus queimam os demônios e os afugenta. 

Muitos dizem que crente não fica endemonhiado, mas fica sim, basta ter vínculos e pactos não quebrados, para que eles tenham legalidade de até mesmo incorporar e tomar conta de todo o corpo da pessoa ( possessão ).

7ª arma – Unção com Óleo ( arma de defesa - Mc. 6:13 e Is. 10:27 ).

O óleo como arma pode ser usado na libertação quando o diabo oprime a pessoa em partes do seu corpo. Por ser uma arma de defesa, é muito usada nas igrejas.

O óleo pode simbolizar a Unção do Espírito ou o próprio Espírito Santo. No Reino do Espírito algo muito misterioso ocorre quando ungimos uma pessoa. A unção com óleo consagra e dedica a pessoa a Jesus, quebrando todo jugo maligno.

Essas são as armas que devemos usar no dia a dia à fim de que possamos enfrentar as trevas e sair de qualquer cilada do inimigo. Nos lembrando sempre que as 7 primeiras armas são primordiais, para que sejamos Mais que Vencedores.


MONTE SIÃO / GRITOS DE ALERTA

Nenhum comentário:

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...