quarta-feira, 24 de junho de 2015

ISLAMISMO É O ANTI CRISTO EM AÇÃO NA TERRA .

A muitos que nada sabem sobre esse grupo violento que faz o crescimento de sua fé com base mas milhares de mortes e muita violência por todo mundo .
No Brasil já tivemos casos de morte praticados por pessoas que pertenciam a  esse grupo também , mas nos países onde se predomina os islâmicos , as mortes de cristãos são como normal para eles .
Pior de tudo é ver pessoas que fazem parte dessa irmandade , falarem que são grupo de amor .


PREGAM O AMOR  ?

VOU MOSTRA ABAIXO , O AMOR QUE ELES PREGAM .


https://www.youtube.com/watch?v=VY3b1dUfHdk

https://www.youtube.com/watch?v=K1kKbp702yQ

https://www.youtube.com/watch?v=C24lKBT1qvs

https://www.youtube.com/watch?v=GqiOh-uPu4M


E  AI ISLÂMICOS , QUEREM ENGANAR QUEM COM SUA PREGAÇÃO DE MENTIRA ?


(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Um vídeo divulgado nesta terça-feira pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI) mostra a execução de 16 homens descritos como "espiões", alguns deles afogados em uma gaiola mergulhada em uma piscina.
Este vídeo de 7 minutos e 30 segundos foi postado em sites jihadistas pelo ramo do EI em Nínive, província no norte do Iraque, da qual Mossul é a capital.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
O grupo apresenta dezesseis "espiões" em túnica laranja que são identificados e que falam brevemente em frente à câmera. Eles são executados em três grupos, um método que ainda não havia sido utilizado publicamente pelo EI.
(Foto: Divulgação)
Cinco homens são trancados em uma jaula de aço, que é levantada do chão para ser imersa em uma grande piscina onde seu afogamento é filmado por duas câmeras à prova d'água amarradas nas grades.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)Outro grupo de quatro homens é colocado em um carro que foi destruído por um tiro de lança-foguetes. Sete outros são decapitados pela explosão de um cabo amarrado em seus pescoços, de acordo com o vídeo.
O EI tem divulgado vários vídeos de execuções por métodos bárbaros nos locais sob seu controle no Iraque e na Síria, onde proclamou um "califado". As imagens se tornaram a sua principal arma de propaganda.
(Foto: Divulgação)
VIA GRITOS DE ALERTA

Nenhum comentário:

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...