quarta-feira, 1 de julho de 2015

Asia Bibi, presa há cinco anos no Paquistão, conta com nossas orações


Asia Bibi, presa há cinco anos no Paquistão, conta com nossas orações
Aasiya Noreen, mais conhecida como Asia Bibi, foi a primeira mulher cristã sentenciada a morte pela lei de blasfêmia no Paquistão. Ela foi presa em 2009 e sentenciada a receber a pena de morte em 2010. Em outubro, seu último apelo foi rejeitado pelo Supremo Tribunal de Lahore.
Asia foi acusada de fazer comentários depreciativos sobre o profeta Maomé durante uma discussão com uma mulher muçulmana. Enquanto as duas estavam trabalhando juntas, a mulher muçulmana havia recusado a água dela, alegando que por ser de uma cristã, era suja e proibida religiosamente para os muçulmanos. Asia foi convidada a se converter ao islã, a fim de ser purificada. Sua resposta negativa ao convite foi considerada como um insulto ao islã, e assim ela foi acusada por cometer blasfêmia.
Seu advogado disse que a natureza da disputa teve origem no sistema de castas hindus (onde a maioria dos cristãos paquistaneses são considerados "intocáveis"), em vez de um conflito entre religiões. No entanto, Asia foi condenada à morte e permanece na prisão até hoje.
Recentemente, foi relatado que ela tinha sido levada às pressas da prisão para o hospital. Embora a natureza de sua doença não foi divulgada, ela já está presa novamente. Contatos da Portas Abertas no local informaram que a saúde dela é estável, mas ela continua frágil.
#VamosOrar
Ore para que Deus trabalhe no coração dos governantes do Paquistão, que a verdadeira justiça prevaleça e que a Asia Bibi possa ser, finalmente, libertada!

Nenhum comentário:

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...