sexta-feira, 7 de abril de 2017

Pastor é preso em Santa Catarina acusado de abuso sexual contra adolescente

Um pastor evangélico de 47 anos foi preso na noite de quinta-feira em Campos Novos, região central de Santa Catarina, acusado de abusar sexualmente de uma menina de 12 anos que frequentava a igreja na qual ele era o líder religioso. De acordo com as investigações da Polícia Civil, o pastor, da Igreja Mundial do Novo Nascimento em Cristo, convenceu a adolescente de que ela estava enfeitiçada e precisava se relacionar sexualmente com alguém como ele para, só assim, se livrar do feitiço.

Imagem redimensionadaFoi a mãe da jovem quem procurou o delegado Luis Eduardo Machado Córdova, no final do mês de fevereiro, relatando o crime. De acordo com a menina, o pastor inicialmente disse que em breve Deus lhe daria uma missão. Dias depois, ela recebeu mensagem em seu celular anunciando um feitiço em sua vida, que só seria quebrado depois que ela tivesse relações sexuais por sete vezes com um homem casado e de muita fé.

A jovem procurou o pastor, que cometeu o abuso sexual, ainda de acordo com o depoimento prestado pela adolescente. Depois, o líder religioso cobrou que a menina não contasse sobre aquilo para ninguém, sob o risco de o feitiço acabar causando a morte dela. O caso ocorreu entre junho e agosto de 2016, mas só em fevereiro deste ano a vítima revelou o crime à família.

Foi a mãe dessa adolescente que levou a polícia civil a outra possível vítima do pastor, que tinha característica semelhantes: uma jovem de 15 anos, que recebeu mensagens similares no mês passado. Ela e outra menina de 16 anos, porém, não chegaram a sofrer abusos pelo pastor e procuraram as autoridades de forma espontânea, de acordo com os investigadores.

Enquanto a Polícia Civil investigava o caso, o pastor habilitou um número de telefone em nome de uma fiel e mandou mensagens as duas adolescentes, fazendo-se passar por um rapaz que havia estudado com elas. Novamente o feitiço: o pai do suposto rapaz seria feiticeiro e destruiria a vida delas se elas não tivessem relações sexuais com um "grande homem de Deus, abençoado e casado".

A Polícia teve acesso às mensagens trocadas entre elas e o pastor, que afirmava que o ato sexual seria a única forma de "vencer o mal". Ainda segundo os investigadores, o pastor chegou a dizer que aquela era uma ordem de Deus e ele não tinha escolha, deveria cumpri-la. Antes que ele cometesse o abuso sexual, porém, as jovens procuraram a Polícia.

Detido preventivamente na noite de quinta-feira, o pastor, que é casado e tem filhos, vai continuar na unidade prisional da cidade. De acordo com o delegado Córdova, ele negou as acusações. O UOL tentou entrar em contato com a igreja do pastor, mas não conseguiu contato. Da mesma forma, o advogado de defesa do pastor não foi encontrado pela reportagem para comentar o caso.

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

COLEIRA ERVA DE SANTA MARIA - PREÇOS ESPECIAIS PARA REVENDA

ENTRE NO LINK ABAIXO E COMPRE PARA REVENDA . https://petpetsbrasil.loja2.com.br/3600225-COLEIRA-ERVA-DE-SANTA-MARIA-REPELENTE-A-PULGAS-...