sábado, 20 de dezembro de 2014

ANTIGA PEDRA CONFIRMA O REINADO DE DAVI


Uma pedra encontrada em Israel e atualmente em exposição no Museu Metropolitano de Arte de Nova Iorque oferece novas evidências que apóiam a descrição bíblica do reinado do rei Davi.
Tudo leva a crer que a inscrição na pedra que parece referir-se à dinastia do rei Davi terá sido escrita em 830 a.C., uns "meros" 150 anos após o seu reinado em Israel.

Um artigo recentemente publicado pela "Biblical Archaeology Society" descreve a inscrição que se refere à dinastia do rei David como "extraordinária" e uma descoberta que substancia a narrativa bíblica do rei de Israel:
"A inscrição saúda Tel Dan, no Norte de Israel, e comemora as conquistas de Hazael, rei de Aram-Damasco, inimigo dos antigos reinos de Israel e Judá. Hazael reivindica ter morto tanto Jorão, rei de Israel, como Acazias, rei da "Casa de David" - ou Judá. A nação de Judá ser referida como "Casa de David" é algo de significativo porque é a única evidência arqueológica de um David histórico - uma crença que tem sido calorosamente debatida antes desta descoberta - substanciando assim parte da narrativa bíblica."
A "Agência Telegráfica Judaica" reportou na passada Segunda-Feira que esta pedra é um dos itens exibidos na exposição "Da Assíria à Ibéria no raiar da época clássica", no Museu de Nova Iorque.
O museu classificou-a como "a mais antiga referência extra-bíblica à Casa de David."
"Não há quaisquer dúvidas de que a inscrição é um dos mais importantes artefatos relacionados com a Bíblia alguma vez encontrados" - escreveu Eran Arie no catálogo da exibição. Eran é o curador dos períodos israelita e persa no Museu de Israel.
A pedra mede 13 x 16 polegadas e tem 13 linhas de texto legível.
No catálogo do museu preparado para a exibição, Arie escreveu que a inscrição com o nome de David é "uma clara indicação de que a 'Casa de David' era conhecida em toda a região e que a reputação do rei não foi uma invenção literária de um período muito posterior."
Isto "valida claramente a descrição bíblica de uma figura de nome David que se tornou o fundador da dinastia dos reis de Judá em Jerusalém."
REI DAVID
Segundo a "Agência Telegráfica Judaica", "o que é bem claro é que o rei aram-damasceno Hazael vangloria-se de ter morto 70 reis, incluindo os de Israel e os da 'Casa de David'". (Na opinião dos peritos, o número arredondado é provavelmente exagerado, embora Hazael tivesse uma reputação de ser cruel e bem sucedido).
As rachadelas na pedra nem obstruem nem obscurecem a inscrição da palavra 'bytdvd' - ou 'Casa de David' - que permaneceu "absolutamente intacta e clara" - afirmou Ira Spar, professor de História e estudos antigos em Nova Jersey, e pesquisador no Museu Metropolitano. 
Epigrafistas e historiadores bíblicos concordam unanimemente que as letras "bytdvd" se referem à Casa do rei David. 
"Sendo claro que David foi rei de Israel, a evidência arqueológica sobre a extensão do seu reino continua por esclarecer" - afirmou Spar. 

Shalom, Israel!

Nenhum comentário:

Mais de 1.300 crianças foram vítimas de abusos sexuais na Austrália

Pedofilia A Comissão Real para Respostas Institucionais ao Abuso Sexual Infantil, na Austrália, lançou, esta quinta-feira, um relatório ...