segunda-feira, 18 de maio de 2015

Marcha para Jesus reúne multidão em Curitiba

Participantes lotam a Rua Marechal Deodoro. | Gazeta do Povo Dezenas de milhares de pessoas participam neste sábado, em Curitiba, da Marcha para Jesus. Com o tema “Por amor aos justos abençoarei a cidade”, o evento é organizado pelas Igrejas Evangélicas do Paraná. Segundo os organizadores, o público da Marcha é de 250 mil pessoas.
A Polícia Militar estimou o público em 60 mil pessoas, mas informaram que a contagem não foi realizada em todo o trajeto.
Por volta do meio-dia, os nove trios elétricos, que saíram às 9h45 da Praça Santos Andrade e Rua Marechal Deodoro estavam chegando ao destino final da caminhada, na Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico. Shows com 16 bandas acontecem até as 15 horas em um palco montado em frente ao Palácio Iguaçu.
Por causa nos bloqueios em ruas do centro e entorno, o trânsito está intenso em todo o centro e nas ruas do entorno do Palácio, como a Mateus Leme.
Ao longo da caminhada, cada caminhão animou o trajeto com uma banda. Um deles estragou no meio do caminho, mas foi consertado rapidamente, o que não prejudicou o andamento da Marcha. Um dos veículos carregou uma mensagem em apoio ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato: “Sérgio Moro, estamos orando por você.”
Essa é a 23º edição do evento em Curitiba. “A gente acredita que uma cidade é enaltecida pelos atos de Justiça. Por isso, escolhemos falar desse tema este ano”, diz o presidente do Conselho dos Ministros Evangélicos do Paraná, bispo Antônio Cirino Ferro.
Ao longo do caminho, os participantes fizeram três paradas de oração: nas ruas Monsenhor Celso, Marechal Deodoro com XV de Novembro e Praça 19 de Dezembro – na última, os fieis se ajoelharam.
A Praça Nossa Senhora de Salete deverá permanecer bloqueada até às 18 horas para a conclusão dos serviços de limpeza pública. Por conta do bloqueio da praça, que começou às 10 horas, o trânsito e o itinerário de algumas linhas de ônibus que circulam pelo Centro Cívico serão alterados durante o dia.
Perfil
O público do evento é variado, mas chama atenção a grande quantidade de jovens que participam. “A alegria da Marcha e a festa atraem muitos jovens, que também acabam entendendo que encontram a felicidade pela fé”, acredita um dos coordenadores, Thiago Ferro. Ele participou da primeira Marcha em Curitiba, em 1991, aos 16 anos. “Naquela época, eram 100 pessoas na XV de Novembro, com um megafone. Fico feliz com a proporção que tomou.”
Willian Santos, 19 anos, é um dos exemplos desse perfil. Junto com um grupo de 20 pessoas, eles estavam vestidos de palhaços – eles realizam um trabalho voluntário em hospitais, visitando os doentes. “Queremos passar a alegria e a presença de Deus.” A vendedora Francine Soranço, 21, participa pela terceira vez. “Fazem marcha para tanta coisa ruim. Acho importante que tenha uma marcha para homenagear Jesus.”

Transporte coletivo

O percurso de dezenas de linhas de ônibus que passam pelo Centro Cívico será alterado até as 18 horas.
Verifique roteiros mudam:
Linha Turismo;
Circular Centro (sentido horário);
Interbairros I (sentidos horário e anti-horário);
Linhas Diretas: Inter 2 (horário e anti-horário); Aeroporto; Bairro Alto/Santa Felicidade; Santa Cândida/Pinheirinho; Boqueirão/Centro Cívico; Barreirinha/Guadalupe; Pinhais/Campo Comprido; CIC/Cabral/ Sítio Cercado (anti-horário).
Linhas Convencionais: Canal da Música/Vista Alegre; Universidades; Vila Nori; Jardim Mercês/Guanabara; Raposo Tavares; Bracatinga; Primavera; Bom Retiro/PUC; Nilo Peçanha; Juvevê/Água Verde; Augusto Stresser; Itupava/Hospital Militar; Rua XV/Barigui; Higienópolis; Tarumã; Hugo Lange; Cristo Rei; Cajuru; Mateus Leme; Abranches; Jardim Chaparral; Marechal Hermes/Santa Efigênia; Estribo Ahú; Fernando de Noronha; Nossa Senhora de Nazaré; Jardim Social/Batel; Alto Tarumã; Tarumã; Sagrado Coração; DETRAN/Vicente Machado; Alcides Munhoz/Jardim Botânico; Capão da Imbuia/Parque Barigui; Ahú/Los Angeles; Água Verde/Abranches; RuaXV/Barigui; Santa Felicidade; São Bernardo; Júlio Graf; Jardim Itália.

Trânsito muda

Agentes da Setran ficarão encarregados de orientar os motoristas.
Desvios:
> Motoristas que vierem das ruas Doutor Roberto Barrozo e Barão de Antonina podem desviar pela rua Mateus Leme, à esquerda ou à direita.
> Quem segue pela Avenida Marechal Floriano Peixoto ou Rua Barão do Rio Branco deve virar à direita na rua José Loureiro.
> A partir da rua Campos Sales, veículos devem desviar pela rua Mauá, por causa do bloqueio à rua Lysímaco Ferreira da Costa.
Bloqueios:
> Quem vem da rua José Loureiro não poderá dobrar à esquerda na Rua Barão do Rio Branco.
> Veículos vindos da rua Presidente Faria não dobram à esquerda na rua Presidente Carlos Cavalcanti. Também estará bloqueada conversão à esquerda para quem vem da rua Conselheiro Laurindo e quer ir à Avenida Marechal Deodoro.
> A rua Heitor Stockler de França dá acesso apenas às ruas Ary Queiroz, Rua da Glória e Comendador Fontana.

Nenhum comentário:

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...