quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O ANTI CRISTO E SEUS NOMES

O Sanguinário e Fraudulento (Salmo 5:6)

  1. O Perverso (Salmo 10:3)
  2. O Homem da Terra (Salmo 10:18)
  3. O Homem Poderoso (Salmo 52:1)
  4. O Inimigo (Salmo 55:3)
  5. O Adversário (Salmo 74:10)
  6. O Homem Violento (Salmo 140:1)
  7. O Rei de Babilônia (Isaías 14:4)
  8. A Estrela da Manhã (Isaías 14:12)
  9. O Destruidor (Isaías 16:4, Jeremias 6:26)
  10. A Estaca (Isaías 22:25)
  11. O Hino Triunfal dos Tiranos (Isaías 25:5)
  12. O Profano e Perverso Príncipe de Israel (Ezequiel 21:25)
  13. O Pequeno Chifre (Daniel 7:8, 8:9)
  14. O Rei de Feroz Catadura (Daniel 8:23)
  15. O Príncipe que Há de Vir (Daniel 9:26)
  16. O Assolador (Daniel 9:27)
  17. O Homem Vil (Daniel 11:21)
  18. O Pastor Insensato e Inútil (Zacarias 11:15, 17)
  19. O Abominável da Desolação (Mateus 24:15)
  20. O Homem da Iniqüidade, o Iníquo (2Tessalonicenses 2:3,8,9)
  21. O Filho da Perdição (2 Tessalonicenses 2:3)
  22. O Anticristo (1 João 2:18)
  23. O Anjo do Abismo (Apocalipse 9:11)
  24. A Besta (Apocalipse 11:7, 13:1)

A SUA PESSOA E ATUAÇÃO

Ler:

  • Ezequiel 28:1-10
  • Daniel 7:7-8, 20-26, 8:23-25, 9:26-27, 11:36-45
  • 2 Tessalonicenses 2:3-10
  • Apocalipse 13:1-10, 17:8-14

Resumo:

  1. Ele se revelará nos fins dos tempos dos gentios (Daniel 8:23).
  2. Ele não surgirá antes do início do Dia do Senhor (2 Tessalonicenses 2:2).
  3. Ele só será revelado quando for afastado "aquele que o detém" (2 Tessalonicenses 2:7-8).
  4. Seu aparecimento será precedido por uma retirada (2 Tessalonicenses 23), que pode ser entendida tanto como apostasia como arrebatamento.
  5. Ele será gentio, pois sairá do mar (Apocalipse 13:1) que representa os gentios (Apocalipse 17:15).
  6. Ele sairá do império romano, pois será príncipe do povo que destruiu Jerusalém (Daniel 9:26).
  7. Ele estará à testa da última forma de governo mundial, sendo como leão, urso e leopardo (Apocalipse 13:1 e comparar com Daniel 7:7-8, 20, 24 e Apocalipse 17:9-11), sendo, portanto, um líder político de dez países (Apocalipse 13:1; 17:12).
  8. Ele terá autoridade sobre todas as nações (Apocalipse 13:7,8), mediante alianças feitas com elas (Daniel 8:24, Apocalipse 17:12).
  9. Ao subir ao poder, ele eliminará três chefes de governo (Daniel 7:8, 24).
  10. Uma das nações sob seu domínio, tendo anteriormente desaparecido, voltará a existir (Apocalipse 13:3).
  11. O crescimento do seu poder será devido ao seu programa de paz (Daniel 8:25).
  12. Pessoalmente, ele se distinguirá por sua inteligência e habilidade em persuadir (Daniel 7:8, 20; 8:23; Apocalipse 17:13), bem como por sua astúcia (Daniel 8:25).
  13. Ele governará as nações de sua federação com autoridade absoluta (Daniel 11:36), fazendo o que bem entende. Esta autoridade se manifestará com a alteração das leis e costumes (Daniel 7:25).
  14. Seu interesse primordial será conseguir para si grandeza e poder (Daniel 11:38).
  15. Como chefe do império federativo ele fará um tratado de sete anos com Israel (Daniel 9:27) que ele quebrará depois de três anos e meio (Daniel 9:27).
  16. Ele introduzirá um culto idólatra (Daniel 9:27) em que ele se representará como deus (Daniel 11:36-37; 2 Tessalonicenses 2:4; Apocalipse 13:5).
  17. Ele assumirá o caráter de blasfemador porque se fará de deus (Ezequiel 28:2; Daniel 7:25; Apocalipse 13:1, 5-6).
  18. Sua energia virá de satanás (Ezequiel 28:9-12); Apocalipse 13:4), receberá sua autoridade dele e será movido pelo seu orgulho (Ezequiel 28:2; Daniel 8:25).
  19. Ele estará à testa do sistema de ilegalidade de satanás (2 Tessalonicenses 2:3) e provará seu direito ao poder e divindade mediante sinais obtidos com poder satânico (2 Tessalonicenses 2:9-19).
  20. Ele será recebido como deus e como chefe supremo por causa da cegueira do povo (2 Tessalonicenses 2:11).
  21. Ele se tornará o grande adversário de Israel (Daniel 7:21, 25; 8:24; Apocalipse 13:7).
  22. Haverá uma aliança contra ele (Ezequiel 28:7; Daniel 11:40, 42) que contestará a sua autoridade.
  23. No conflito que se seguirá ele obterá controle sobre a Terra Santa e arredores (Daniel 11:42) e fará a sua capital em Jerusalém (Daniel 11:45).
  24. Seu acesso ao poder será apoiado pela "grande prostituta", o sistema religioso corrupto, que em conseqüência procurará influenciá-lo (Apocalipse 17:3).
  25. Esse sistema religioso vai ser destruído por ele, para livrar-se de sua interferência (Apocalipse 17:16-17).
  26. Ele se tornará o principal adversário do Príncipe dos Príncipes (Daniel 8:25), Seu programa (2 Tessalonicenses 2:4; Apocalipse 17:14), e Seu povo (Daniel 7:21, 25, 8:24, Apocalipse 13:7).
  27. Ele estará no poder por sete anos (Daniel 9:27), mas a sua atividade satânica se limitará à segunda parte do período da tribulação (Daniel 7:25; 9:27; 11:36; Apocalipse 13:5).
  28. Seu governo vai terminar com um juízo direto da parte de Deus (Ezequiel 28:6; Daniel 7:22, 26; 8:25; 9:27; 11:45; Apocalipse 19:19-20). Esse juízo terá lugar quando ele estiver empenhado em uma campanha militar em Israel (Ezequiel 28:8-9; Apocalipse 19:19), e ele será lançado no lago de fogo (Apocalipse 19:20; Ezequiel 28:10).
  29. O juízo terá lugar por ocasião da segunda vinda de Cristo (2 Tessalonicenses 2:8; Daniel 7:22) constituindo em uma manifestação da Sua autoridade messiânica (Apocalipse 11:15).
  30. O reino sobre o qual ele governava passará a ficar sob a autoridade do Messias e se tornará no reino dos santos (Daniel 7:27).

Nenhum comentário: