quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Diretor de escola islâmica é preso acusado de abuso sexual nos EUA

Imagem de Mohammad Abdullah Saleem divulgada por autoridades locais - AP
CHICAGO - O diretor de uma escola islâmica do subúrbio de Chicago, nos Estados Unidos, foi preso acusado de abusar sexualmente de uma mulher de 23 anos que trabalhava na unidade.
A polícia de Elgin, a 40 quilômetros de Chicago, informou, nesta terça-feira, que o imã (uma espécie de sacerdote) Mohammad Saleem Abdullah, de 75 anos, foi preso no domingo. Ele comparecerá a uma audiência ainda nesta terça para determinar se poderá ser solto depois de pagar fiança.
As autoridades começaram a investigar o conhecido estudioso islâmico depois que a mulher o denunciou em dezembro. Segundo a polícia, ela contou que o abuso ocorreu enquanto ela estava trabalhando no Instituto de Educação Islâmica.
Em entrevista ao "New York Times", a jovem afirmou que o diretor entrou na sua sala, lhe tocou o rosto e o seu ombro. Ela inicialmente não teria reagido à atitude de Abdullah, conhecido e reverenciado pelo comunidade local. Com o tempo, no entanto ele teria se tornado agressivo e ela procurou a polícia. Após sua denúncia, três outras mulheres relataram terem sido abusadas pelo diretor. Em breve entrevista ao jornal americano, o imã disse que seus acusadores "estão mentindo."
Ninguém atendeu o telefone na escola na manhã desta terça. Um telefone listado sob o nome do diretor na localidade de Gilberts estava desconectado.


FONTE E CRÉDITOS . http://oglobo.globo.com/sociedade/diretor-de-escola-islamica-preso-acusado-de-abuso-sexual-nos-eua-15361741

Nenhum comentário: